Arquivo do blog

Compartilhe

13 de set de 2011

Universalização da burrice

Ontem à noite, milhões de brasileiros estavam ligados na transmissão do Miss Universo. Um evento chato, sem graça, que não traz outra coisa a não ser uma seleção de pessoas escolhidas sei lá por quem, com quais critérios, para disputar o título de mais bela do mundo, sendo que nenhuma delas é, de fato, a mais bela do mundo.

Pra mim, não passa de mais um blá, blá, blá que a televisão repercurte com toda pompa e circunstância. Não acrescenta nada para sua vida. Talvez se você, que assitiu ao Miss Universo, estivesse assistindo a TV Escola, a TV Cultura, o Canal Futura, ou mesmo a TV Câmara ou a TV Senado, entre outros canais mais instrutivos, teria agora um pouco mais de conhecimento em sua cachola.

Quando um adulto perde horas e horas na frente da televisão assistindo a uma porcaria dessas, por livre e espontânea vontade, é possível ter uma ideia do quão instruída é a pessoa. Agora, o perigo mais são pais que deixam as crianças assistirem ao Miss Universo, ao Big Brother, a Fazenda e outras porcarias ao invés de incentivá-los a estudar. 

A educação move o mundo. E o Brasil é um país onde o investimento em educação é baixíssimo. Nos últimos anos, muita coisa tem melhorado - a situação já esteve pior.

Quando a pessoa estuda, entre outras coisas, a Constituição Brasileira, passa a saber sobre seus direitos e deveres e começa a enxergar o quanto é passado para trás pelos detentores do poder. Quem estuda e lê cria senso crítico, aprende a questionar as coisas e passa a discordar daquilo que lhe é imposto.

Falando em imposto, quem estuda sabe que o Brasil é um dos países com mais impostos no mundo. E porque não acontece nada? Porque a maioria esmagadora da população não sabe o que são os impostos, acha isso tudo muito técnico, muito chato, numa mistura de falta de capacidade de entender com falta de vontade de aprender.

2 comentários:

Pervitin Filmes disse...

Olá! Ótimo artigo. Parabéns pelo blog.

Vitória Lovat disse...

"sendo que nenhuma delas é, de fato, a mais bela do mundo"

É fácil assistir apenas ao entretenimento barato, ficar sabendo o que ocorre na vida das pessoas, comentar, analiasr, julgar. Se soubessemos utilizar esse tempo para fazer o mesmo com canais\revistas educativas as médias do ENEM e, o nível de educação brasileira estaria muito acima do que é previsto hoje.


Muito falaram que não gostavam de Miss Universo, mas apenas esse texto trouxe algo significativo em conteúdo. Parabéns.

Ocorreu um erro neste gadget