Arquivo do blog

Compartilhe

16 de dez de 2011

Asfalto molhado provoca acidente e mata pitanguienses na BR-262


Luiz Silva (Espacial FM)

A BR-262 foi novamente palco de uma tragédia. Desta vez, foi na região de Sítio Novo, em Florestal. O acidente foi por volta das 19h20 desta quinta-feira (15). Segundo levantamentos, a ambulância Fiat Doblo, placa HLF 1143, da prefeitura municipal de Pitangui, ficou sem controle perto da lanchonete Milhão, na pista Belo Horizonte/Pará de Minas, rodou e bateu na traseira da caminhonete D10 baú, GLQ 1552, de Mateus Leme, que estava parada no acostamento com defeito mecânico.

Cabo Diógenes, dos Bombeiros
(foto: Luiz Silva)
Cabo Diógenes Albuquerque, do Corpo de Bombeiros de Pará de Minas, comandou a equipe que esteve no local. Segundo ele, a ambulância, que era dirigida por Caio Augustos Lopes Cançado, de 45 anos, rodou ao ficar sem aderência com a pista, que estava encharcada de água da chuva. Aliás, chovia forte no momento da tragédia.




Caio Augusto (vítima fatal)
De acordo com Diógenes, o motorista e o passageiro da Doblo, Ronan Ivaldo da Silva Souza, 49 anos, tiveram morte instantânea. “Chovia bastante no momento do acidente. O motorista e o paciente morreram no local. Socorremos a esposa de um deles em estado grave para o hospital de Pará de Minas. O local estava bem escuro, mas era possível ver que ela estava inconsciente e bastante ferida.”, afirma o policial. 




O impacto chegou a empurrar o veículo atingido a uma distância de aproximadamente cinco metros do local em que estava parado. 

A esposa de Ronan, Maria Helena Maia Gouthier Caldas, 49, viajava no banco da frente, ao lado do motorista, e sofreu ferimentos graves. Ela foi encaminhada pelos bombeiros para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Pará de Minas, inconsciente.

(foto: reprodução do YouTube)


Ronan Ivaldo era presidente do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico de Pitangui e passou o dia fazendo exames médicos em Belo Horizonte. A esposa dele, Maria Helena Gouthier, é secretária municipal de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico do município. Ela continua internada no HNSC.



Cabo Diógenes Albuquerque salienta que só nesta quinta-feira, o Corpo de Bombeiros atendeu a quatro acidentes na BR-262, trecho entre o Milhão e o trevo de Pará de Minas. O bombeiro adverte que é preciso reduzir a velocidade ao trafegar pela rodovia, que está com vários pontos onde o veículo pode aquaplanar com facilidade:

“A PRF estava vindo de outra ocorrência de acidente. Os motoristas muitas vezes não conhecem a rodovia. Com a chuva, ocorre a aquaplanagem. É o que estamos vendo. É preciso diminuir a velocidade e ter mais atenção”, afirma. 

Assim que a notícia da tragédia chegou a Pitangui várias pessoas correram atrás de informações. As vítimas eram muito queridas na cidade e isso comoveu ainda mais os pitanguienses.

Os corpos de Caio Augustos Lopes Cançado e Ronan Ivaldo da Silva Souza estão no velório municipal e serão sepultados às 17h desta sexta-feira no cemitério de Pitangui.

Relacionados

Começa o velório de Ronan Ivaldo



Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget