Arquivo do blog

Compartilhe

12 de set de 2011

Enem e o 11 de setembro

O Enem de 2010 mostra melhora na pontuação dos estudantes em relação a 2009, em todas as disciplinas. 
Acredito que esta mudança ocorreu porque os jovens foram estimulados por aqueles que fizeram a prova nos anos anteriores, tiraram boas notas e ganharam bolsas de estudos. 

Eu sou um destes. Participei do exame em 2008, recebi uma pontuação considerável e hoje estudo de graça  (de graça, não, porque o governo paga) em uma faculdade em Divinópolis. 

Hoje, muitos amigos que estão se preparando para o Enem me procuram para saber como é a prova e eu digo que ela tem muito texto, exige concentração para leitura. Então, é preciso ter o hábito de ler. Livros, jornais e revistas de notícias. Isso faz com que você esteja por dentro do que está acontecendo no mundo e crie capacidade de raciocinar. O Enem é a prova de que a maioria das pessoas quer estudar e só precisa de uma oportunidade. 

Bem, 

Domingo foi 11 de setembro. Já se passaram 10 anos deste aquele dia em que eu, então com 11 anos, estava em casa assistindo ao desenho animado quando, de repente, todos os canais começaram a passar o mesmo filme. Dois dos mais altos edifícios do mundo foram alvos de ataques-suicidas e acabaram desmoronando. 

Neste fim de semana, todos os jornais, emissoras de rádio e TV estavam de plantão em Nova Iorque, supostamente com a ideia de mostrar as homenagens aos mortos. Mas não era só isso. Estavam todos esperando outro episódio trágico como algum carro-bomba ou qualquer outra coisa do tipo. É a espetacularização da tragédia. Felizmente, não aconteceu nada mais sério, além das homenagens programadas em memória às vítimas.  

Aliás, os ataques do 11 de setembro de 2001 causaram mortes não apenas entre americanos. A guerra que veio depois também fez suas vítimas. Soldados morreram na guerra no Iraque, país invadido porque o então presidente dos Estados Unidos, Jorge W. Bush, achou que aquele era um bom momento para invadir o território inimigo. Vítimas também foram registradas no Afeganistão, outro pais invadido pelas tropas americanas por dar cobertura a Osama Bin Laden. 

Nestes 10 anos do ataque ao Word Trade Center, continuamos vendo a ignorância, o fanatismo religioso e a ambição destruírem o único fator que nos diferencia dos animais: a racionalidade. 

Um comentário:

Duo Postal disse...

De fato o 11 de Setembro entra para a história como uma marca que ficará para sempre no coração dos EUA. No entanto, quando revejo a cena dos ataques, sempre me pergunto até onde o ser humano quer chegar. Se o ódio e a destruição vão estar a frente de qualquer decisão que alguém vá tomar.

http://duo-postal.blogspot.com

Ocorreu um erro neste gadget