Arquivo do blog

Compartilhe

9 de abr de 2009

Pitangui já tem até assalto a banco digno de cinema

Pitangui está uma coisa de louco. Em tempos de discussão sobre a segurança pública (no dia 1º/4 foi realizada na cidade uma Audiência Pública com a Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa de Minas), um crime ganhou repercussão, inclusive, na imprensa estadual. No dia 7/4 ladrões fortemente armados mantiveram uma família refém e roubaram mais de R$ 100.000,00 da agência bancária do Itaú da cidade.
De acordo com a Polícia Militar, em uma ação rápida, cinco homens renderam a família da gerente do banco durante a noite e a manteve sob a mira de armas por várias horas.
Pela manhã, os bandidos foram com a gerente até a agência, pegaram o dinheiro e fugiram. A polícia foi acionada, mas não conseguiu capturar os assaltantes. Na fuga, o grupo levou o marido e os dois filhos da gerente. Horas depois, as vítimas foram soltas em Matozinhos, na região metropolitana de Belo Horizonte.
Tudo isso leva a uma reflexão interessante sobre o fato de estarem querendo instalar uma penitenciária na cidade. A verdade é que este tipo de presídio nada de bom traz para a cidade. Ao contrário, traz mais violência. Todo mundo quer o bandido na cadeia. Mas ninguém quer a cadeia perto de sua casa.
Uma penitenciária, numa cidade como Pitangui, é um tiro no pé. Pitangui é uma cidade história, não deve haver penitenciária aqui. Se argumentarem que trará empregos, que fiquem com estes empregos para eles.
Se as coisas continuarem como estão, se nenhuma providência for tomada de imediato, logo a onda de crimes que estão ocorrendo em Pitangui chegarão aos nossos pequenos municípios vizinhos (Conceição do Pará, Brumado, Leandro Ferreira, por exemplo).
A população precisa estar mais presente, discutindo, aprovando ou reprovando as atitudes dos governantes. Afinal, segurança pública é um direito, mas também uma responsabilidade de todos nós.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget