Arquivo do blog

Compartilhe

10 de abr de 2009

Contra a violência do mercado o melhor é blindar a carreira

Em tempos de instabilidade econômica, ainda mais num panorama global, a preocupação principal de todo empregado é a de manter o emprego. Mais que entrar em pânico, se desesperar, querendo, de uma hora pra outra, dar o melhor de si para permanecer no cargo, é preciso muito estudo e um tipo de “blindagem” da carreira enquanto há tempo.

Com estratégias inteligentes de se manter emprego, bons profissionais podem alcançar, logo, inclusive, uma promoção (o que, em tempos de crise, é sensacional!). O foco precisa ser “o que fazer” para não ser demitido e não “o que fazer” depois que for demitido. Caso a dispensa seja inevitável, ficar parado é impossível. Medidas para achar um bom trabalho devem ser tomadas logo após a demissão.

Para se destacar no mercado é preciso adquirir conhecimento acadêmico e profissional freneticamente. Traçar o “mapa” da carreira, com seus potenciais, planos, e a que cargo ou empresa você quer chegar. Ter uma vasta rede de relacionamentos também é, deveras, importantíssimo. Conhecer pessoas da sua área de atuação, trocar idéias e experiências com elas é bom, pois, se você for demitido, terá pessoas a quem recorrer em caso de duvida. Também é importante saber em quem confiar numa hora dessas.

Outra jogada é estar sempre visível ao seu superior. Quem se esconde é o primeiro a ser localizado no momento de cortes de pessoal.

Economia: poupar 10% do seu salário garantirá suas necessidades básicas num eventual quadro de desocupação. Afinal, todos devem estar preparados. Por mas segura que seja um cargo ou uma empresa, uma possível reviravolta nunca pode ser descartada.

No caso de demissão, o jeito é manter a calma e o controle. Recorrer aos contatos cultivados ao longo do emprego é uma boa dica. Você só não pode parar pra pensar muito ou desistir. Atualize seu currículo e vá preparado para uma nova entrevista. Quem sabe a situação melhora e você consegue até um emprego melhor?

No mais, estude sempre, adquirindo conhecimentos acadêmicos, humanísticos e pessoais;
Esquematize sua carreira, planeje seus caminhos e metas;
Não faça trabalhos improdutivos e só exerça funções que lhe acrescente algo;
Construa bons relacionamentos;
Poupe seu dinheiro;
Tenha bons “conselheiros” em quem você confie;
Sempre mostre a cara ao chefe.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget