Arquivo do blog

Compartilhe

21 de dez de 2011

Atentado ao patrimônio histórico de Pitangui

(foto: Leonardo Morato)
A igreja de São Francisco, em Pitangui, continua em fase de restauro. Porém, o entusiamo de alguns com a preservação deste importante símbolo da história do município vai de encontro ao desrespeito de outros que buscam destruir as coisas. Na foto acima, feita pelo turismólogo Leonardo Morato e publicada por ele no blog Daqui de Pitangui, não é possível ver a placa de identificação do tempo. 

Nas imagens abaixo, feitas por mim, é possível perceber os sinais de um verdadeiro ataque ao patrimônio público e histórico. Algum sujeito desocupado, sem algo melhor para fazer, passou tinta branca na placa instalada para orientar a população local e visitantes de qualquer parte do mundo (pois traz informações em inglês). 



(fotos: Ricardo Welbert. 21/12/11)
O que leva uma pessoa a praticar tamanha atrocidade? Para esta placa ser colocada aí foram empregados, além do dinheiro público, vários profissionais (desde a formatação do texto, a impressão na chapa até a instalação ao lado da igreja) e todos eles tiveram seu trabalho desrespeitado por um reles pintor de quinta categoria. É lamentável.

Leia também

Imóvel abandonado no centro de Pitangui acumula escombros, lixo e água parada





5 comentários:

Leonardo Morato disse...

Isso é simplesmente um absurdo!!! Total falta de respeito com o Templo que também é Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Pitangui. Mas deixo aqui uma pergunta: O pintor trabalha(ou) na restauração? Será que a "oreia sequiçe" do sujeito não é falta de educação (leia-se ausência de instrução, de orientação para trabalhar nesta empreitada)? Gente, iniciativas de educação patrimonial e orientações sobre a importância de se preservar os nossos bens culturais, são imprescidíveis para preservar a nossa identidade cultural. Vamos abraçar esta causa, divulguem, comentem, debatam sobre a importância do nosso Patrimônio, senão, turisticamente, continuaremos fadados ao esquecimento!!!

Ricardo Welbert disse...

Excelente questionamento, Leonardo Morato. Será que o autor dessa navalhada trabalha ou trabalhou na restauração? Poxa! Não é possível! Pessoa que trabalha com isso entende a importância da beleza visual. Não é possível que o cidadão iria testar o pincel na placa da igreja. Mas, como não temos suspeitos, é uma boa hipótese. Sobre a importância da educação patrimonial, Léo, a secretaria de Turismo, Cultura e Patrimônico realizou um trabalho interessante nas escolas, usando fantoches para ensinar as crianças a cuidarem do patrimônio histórico da cidade. No site da prefeitura tem uma matéria a respeito. Assim como o 'Daqui de Pitangui', meu blog também pretende ser divulgador da cultura pitanguiense e de alertas para a importância de sua preservação. Abraço!

Leonardo Morato disse...

Leonardo Morato Bacana Ricardo, li sobre esta boa iniciativa da Secret. de Cultura (Educação Patrim. nas escolas). Mas quanto mais gente apoiar, divulgar e ajudar da maneira que pode, os resultados e a conscientização serão maiores! Parabéns pelo post.: http://ricardowelbert.blogspot.com/2011/12/atentado-ao-patrimonio-historico-de.html
Abraço.

Ricardo Welbert disse...

Com certeza, Léo. Obrigado!

Cl@udio Faria disse...

Amigos infelizmente para alguns em nossa velha serrana ainda predomina o senso destrutivo. Me pego a pensar o que passa na mente de um individuo que faz tal atrocidade! Mas o mal maior é que infelizmente isso faz parte da cultura de alguns cabeças de vento de nossa cidade, pessoas que já cansamos de ver destruindo e sujando nossa cidade e que por incrível que pareça são as primeiras a gritar em altos brados que ninguém faz nada por Pitangui, que a cidade esta suja e ao acaso!

Ocorreu um erro neste gadget