Arquivo do blog

Compartilhe

7 de out de 2011

Entulhos em terrenos baldios: cabe ao município recolhê-los?

Em Pitangui, muita gente gosta de criticar lotes vagos cheios de lixo pela cidade. Uma amiga reclamou comigo sobre um vizinho dela que atravessa a rua para despejar entulho e lixo em um terreno em frente sua casa. Ela disse que ligou para a prefeitura várias vezes pedindo que a secretaria de Desenvolvimento Urbano enviasse alguém pra recolher o entulho. 

Eu pergunto: quantos lotes vagos existem na cidade? São muitos. E a maioria deles está com entulhos porque pessoas irresponsáveis como o vizinho de minha amiga jogam lixo nesses locais. Será que é certo a prefeitura atender a uma solicitação, enviando pessoal para limpar um lote, sendo que na cidade inteira existem centenas de outros na mesma situação? Será que se a pessoa em questão ficasse sabendo que o morador de outra rua teve o pedido atendido enquanto o dela não foi, ficaria satisfeita?

A prefeitura não pode nem deve empregar pessoal para recolher entulho em lote vago porque não adianta. O problema não vai ser resolvido. Quando as pessoas que jogam entulho em lotes ficarem sabendo que basta jogarem que a prefeitura vai retirar, aí é que não vão parar mesmo com este mau hábito. 

É preciso tentar pegar as pessoas pela educação, conscientizando e pedindo a estas pessoas que parem com este costume tão vergonhoso. A prefeitura está fazendo isso através de mensagens educativas veiculadas no rádio, no jornal impresso, na internet, em panfletos educativos e faixas espalhadas pela cidade.

Outra maneira de educar essas pessoas, que do meu ponto de vista seria a mais interessante, é através de multa. O cidadão tem um lote que fica ali, aberto. Pessoas jogam lixo e entulho no lugar. Então, é emitida uma multa para o proprietário. Quando doer no bolso, ele mandará cercar ou construir um muro. Porém, o atual código de posturas em vigência no município não permite fazer isso (pelo menos por enquanto, pois está sendo estudada uma mudança neste sentido). 

Quem tem educação, exerce sua cidadania, respeita o espaço do outro e zela pelo bem estar de todos. Quem não tem educação, joga lixo em lotes vagos e acaba gerando uma série de problemas que afetam a todos, inclusive a ele que, cego pela ignorância, não percebe isso. 
Ocorreu um erro neste gadget