Arquivo do blog

Compartilhe

3 de jan de 2011

Sem vergonha: ex ministra Erenice Guerra aparece na posse de Dilma

Como de praxe, nós, brasileiros, engolimos mais uma pizza saída do forno do mais importante prédio do Governo Federal: o Palácio do Planalto. No momento da posse de Dilma Rousseff no comando da Presidência da República, lá estava Erenice Guerra, toda pomposa. Ex minitra-chefe da Casa Civil e denunciada pela prática de tráfico de influência, abraçou a presidente. Erenice novamente não se envergonhou ao aparecer em rede nacional. Ela sabe que o brasileiro é um cidadão de memória curta.



Erenice Guerra: O processo administrativo interno que apurava as denúncias contra a ex-ministra da Casa Civil foi encerrado sem indicar qualquer punição aos envolvidos. 


Erenice Guerra foi sucessora de Dilma no Ministério da Casa Civil. Em setembro, surgiram as primeiras denúncias feitas pelo empresário Fábio Baracat e publicadas pela revista "Veja". De acordo com a reportagem, os filhos da então titular da pasta, Israel e Saulo, formaram um esquema irregular de lobby para intermediar negociações entre empresas e o Governo Federal.

Durante a repercussão do caso, três assessores citados pediram demissão de seus cargos. O auge da crise ocorreu no dia 16 de setembro, quando a própria Erenice Guerra pediu para deixar o ministério. Ela e os filhos sempre negaram as acusações. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal.

Um comentário:

Jonatas disse...

Muito bom o seu blog, eu já estou seguindo.
Segue o meu:
http://macabunatelinha.blogspot.com/

Ocorreu um erro neste gadget