Arquivo do blog

Compartilhe

20 de fev de 2010

Sair da rotina é bom


Ontem, sexta-feira, resolvi dizer pra mim mesmo que meu dono sou eu. Tive um dia daqueles. Não estou reclamado, porque esse “dia daqueles” significa que houve muito trabalho, que a página na agenda ficou novamente cheia. Depois da correria durante a manhã (cheguei na rádio, produzi minhas informações para o Repórter Regional, publiquei notícias no site, fui pra auto escola, depois corri para me encontrar às 10h00 com uma vereadora para a qual estou trabalhando como assessor de comunicação, voltei pra rádio a tempo de produzir mais jornalismo, começar a fazer o espelho do Jornal da Onda, depois fui almoçar (com a namorada), voltei pra rádio, participei do Jornal, depois apresentei meu programa e... aí que tudo muda: eu deveria ter ido pra faculdade.

Mas não. Fui pra casa, tomei um banho bem demorado (em dias normais meus banhos duram no máximo 5 minutos. Confesso que dessa vez nem me preocupei com economia). Depois, ciente de que estudar é preciso, liguei meu laptop, fiz uma excelente seleção musical com as mais deliciosas gravações de Música Popular Brasileira que tenho e peguei meus materiais. Estudei bastante, li jornal, assisti telejornal e comi muito (durante os dias normais minha noite é alimentada com apenas um lanchinho rápido na hora do intervalo da faculdade). Dormi mais cedo, acordei hoje menos estressado, vim trabalhar de chinelo, cheguei na rádio e resolvi escrever este post. Até a próxima!

2 comentários:

Ju Faria disse...

Em prol do movimento: Cabular aula é legal!

BJu!

Marina disse...

É, é até bom sair da rotina de vez enquando, o duro é quando você começa a ter vontade de fazer isso muito, meu caso ultimamente.rs

Ocorreu um erro neste gadget