Arquivo do blog

Compartilhe

21 de set de 2009

Salvo pelo gongo (mais uma vez)

Não escondo de ninguém meu fanatismo por informações. Leio tudo quanto é tipo de coisa (há excessões!) pra ficar por dentro do máximo de assuntos que conseguir. Resumindo: adoro ler. Leio muito jornal. E, mais uma vez, creio que este hábito tenha me livrado de uma fria.

Hoje tive prova de Economia (no Curso de blá blá cação Soci blá blá, todo mundo sabe o que eu estudo). Eu havia estudado (bastante, inclusive) mas o professor PC (não é o Gusmão) fez questão de, segundo ele, "caprichar" na prova. A maioria das coisas que li nas apostilas da disciplina não estavam demonstradas piamente no questionário. Sabe quando você estuda muito e seu professor enche a prova de frescuras, colocando palavrinhas difíceis? Então...

Sorte a minha que eu tenho o hábito (prazeroso, vale lembrar) de ler os cadernos de economia dos jornais. Teve uma questão em que ele perguntou algo tipo "quem é que define a taxa de câmbio?". Logo me lembrei de ter lido em alguma reportagem alguma coisa parecida com "o presidente Lula comentou hoje o novo juro cambial fixado pelo Banco Central". Caixa!!! Caixa!!!

Fico pensando no que alguns de meus colegas de curso pensaram de algumas perguntas (sério! A linguagem empregada na prova estava muito diferente da das apostilas). Não me considero, em momento algum, melhor do que ninguém em nada. Mas fica a minha recomendação: leiam jornal diariamente, moçada. O conhecimento adquirido com este hábito costuma ser muito útil.

Um comentário:

Marina disse...

Ainda bem q eu ainda não tenho aula com ele. Ai, to só vendo.rs Você tem razão ler jornal ajuda demais! Mas dormir tb tá?rs
Beijo

Ocorreu um erro neste gadget