Arquivo do blog

Compartilhe

19 de dez de 2008

Eu e minhas obrigações

Eu em minha humilde profissão de radialista gostaria muito de passar a meus ouvintes os meus gostos, meu estilo, meu jeito de pensar. Porém, como qualquer subordinado, preciso fazer o que me mandam, e não o que quero (quem sabe um dia eu possa ter a minha própria emissora? Mas isso não vem ao caso aqui).
A rádio Onda FM (hello! Onde eu trabalho!) é do segmento popular, voltado para as classes C e D da população (classe média-baixa). Aqui, minha obrigação é tocar de tudo. Desde delícias da música pop, da MPB (muito poucas), até o agito do axé e as porcarias sertanejas.
Meu público alvo são jovens, visto que trabalho no período vespertino (tarde) e apresento de forma bem pra cima, alto astral e tal.
QUEM ME DERA, ser mandado para uma rádio jovem. Confesso que odeio boa parte do que toco. Afinal, preciso atender aos pedidos dos ouvintes, e quem me ouve (a maioria desse povão todo) não gosta de música boa.
Eu peno, mas preciso tocar Calypso, Leonardo, Zezé & Luciano, etc.
A-do-ro a rádio Jovem Pan FM e me espelho muito nos feras de lá. Mas, o que vale é o crescimento. Eu adoro meu trabalho e estou gostando muito de comandar as tardes da Onda FM.
No mais, é isso.
Até a próxima!

Um comentário:

cabeção disse...

Bom caro Ricardo se voce esta insatisfeito com a programação saiba que para entra em uma Jovem Pan da vida não e tão dificil,claro em afiliada pois para a Jovem Pan Sat será quase impossivel, ja que na sat só fera como Tina Roma, Banana, Emilio Zurita no mais quando vim a capital procure-me levarei voce para conhecer a emissora.

Ocorreu um erro neste gadget