Arquivo do blog

Compartilhe

25 de ago de 2011

Descarte ecológico em Pitangui

Hoje em dia, quase ninguém vive sem um aparelho eletrônico. Seja no rádio, no celular, no relógio ou nos equipamentos domésticos, a mobilidade proporcionada pelo uso de equipamentos portáteis facilita bastante nossa vida. Mas será que sabemos usá-los sem prejudicar o meio ambiente? As pilhas e baterias que alimentam celulares, câmeras digitais, relógios e controles remotos contêm substâncias que podem contaminar o solo e a água, além de provocar vários danos à saúde, prejudicando os rins, o fígado e os pulmões. Em Pitangui, foi implantado um trabalho para descarte correto destes produtos. A ideia é simples e já rende bons resultados.

Coletor instalado na agência do Sine (foto: Rui de Morais)
Criado pelo Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema), o projeto Papa-pilhas espalha coletores pela cidade. O presidente da entidade, Rui de Morais, explica os benefícios do descarte correto destes componentes. “Este projeto dá continuidade à coleta seletiva. Além do papel, do plástico e do vidro, pilhas também fazem parte do conjunto de materiais que, se forem descartados incorretamente, causam danos irreparáveis ao meio ambiente. O mercúrio que sai de dentro das pilhas pode contaminar o lençol freático”, explicou.

A reciclagem está presente, inclusive, na produção dos tambores usados na coleta. “Fizemos o reaproveitamento de tambores que eram descartados por empresas. Pintamos e transformamos estes tambores em papa-pilhas, sem custo adicional para o município”, disse Morais.

Os resíduos coletados são levados para o aterro controlado de Pitangui, onde ficam depositados em uma vala séptica, assim como já acontece com o lixo hospitalar. O local é revestido por concreto e não permite o contato dos componentes químicos com o solo.

A dona de casa Maria Elvira Bahia aprova a implantação dos coletores. “Ao trocarmos o telefone fixo pelo celular, assumimos com a máquina o compromisso de recarregar a bateria sempre que a energia acabar. Agora, precisamos firmar contrato com a natureza e descartar as baterias da forma correta, nos recipientes apropriados”, ensina.

Onde descartar

Em Pitangui, os coletores ecológicos estão instalados nas agências bancárias do Sicoob Credpit e Credicoop, Câmara Municipal, CVT, Sine e outros postos de saúde dos bairros Chapadão, São Francisco e Novo Lavrado.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget